VEJA mentiu sobre robô e dona Mariangela desmente Sistemas de identificação de robôs não diz a verdade e cai no ridículo

0

A revista Veja mentiu sobre  a catarinense  Mariângela Pereira, dona do perfil @mariang69423516 no Twitter. Em matéria da revista, ela é identificada como um perfil fake  utilizado como robô.

Isso  mesmo, a Veja afirmou com todas as letras que Bolsonaro tinha robôs e que Mariangela era um deles.

Essa estória de robos já vem sendo ridicularizada desde a campanha eleitoral, mas agora, Mariangela imitou o ministro Sérgio Moro e postou uma foto com calendário para provar que seu perfil é real.

Defensora de Jair Bolsonaro, Mariângela é uma das mais engajadas, mas diz ser novata na utilização das redes sociais.

Mariângela ganhou milhares de novos seguidores e disse estar preocupada com a exposição repentina. Ela afirma que só passou a interagir no Twitter e em grupos de WhatsApp no ano passado, enquanto se recuperava de uma cirurgia de coração.

“Eu nunca tive perfil em rede social. Acabei entrando no Twitter no ano passado, enquanto me recuperava da cirurgia. Já fiquei até 3h da madrugada tuitando. Nunca imaginei que isso seria interpretado como comportamento de robô.”

Mariângela não é uma máquina, mas  o nome virtual @mariang69423516 foi classificado como robô por um detector de bots  citado pela revista Veja, o  Botometer que deve ser o mesmo usado pelo  Facebook, ja que as queixas de usuarusu reclamando de bloqueio injusto aumentam a cada minuto.

A aposentada diz que espera retratação de quem a acusa injustamente de ser uma máquina. Os milhares de usuarusu do Facebook também esperam que a empresa pare de tratá-los como robôs.

 

 

Comentários