Vacina barrou coronavirus em animais Testes devem começar em seres humanos

0

Um adesivo de um centímetro e meio pode ser a vacina que vai barrar a continuação da proliferação desenfreada do novo Coronavírus.

Segundo pesquisas realizadas na Universidade de Pittsburgh, a vacina poderá ser usada em humanos em junho.

“Apenas mantenha pressionado por um minuto no nível do braço. Qualquer um pode fazer isso sozinho” afirma o professor Andrea Gambotto, coordenador do estudo publicado pela revista EBioMedicine.

Até o momento, os resultados dos primeiros testes em ratos são positivos. A vacina produziu anticorpos específicos que se acredita serem suficientes para neutralizar o vírus .

Andrea Gambotto, coordenador da pesquisa,

Em 2003, a mesma equipe desenvolveu uma vacina para a Sars e, em 2014, realizou com sucesso estudos sobre a vacina para a Mers e graças a uma proteína, os pesquisadores acreditam serem capazes de produzir a vacina que produza anticorpos para o novo coronavírus.

Segundo Gambotto, os testes clínicos em humanos devem começar em junho e a aprovação do uso dependerá da autorização do FDA americano.

Comentários