Vaca indo para o brejo e povo paga o pato, diz relatório sobre os Correios Estatal pode ser próxima empresa a ser privatizada

0

Os Correios são ‘vaca indo para o brejo’ e ‘o povo paga o pato’ são tópicos de um estudo do Ministério da Economia sobre a privatização da estatal.

Os constantes  rombos nas contas, a ineficiência, as greves repetidas, a perda de mercado para concorrentes privados e a corrupção, estão entre os itens que demonstam a necessidade de vender a estatal.

O quadro grave faz parte do levantamento que está sendo produzido  para justificar a privatização dos Correios pelo  Ministério da Economia.

Entre os tópicos do estudo estão:

  • Histórico de interferência política e corrupção
  • O brasileiro paga o pato: rombo de mais de R$11 bilhões no Postalis, o fundo de pensão dos funcionários
  • O brasileiro paga o pato: postal Saúde com passivo atuarial de R$3,9 bilhões
  • Sindicalização e ineficiência: greves constantes e má avaliação dos serviços pelos usuários
  • Barreira logística para o pequeno empresário;
  • É agora ou nunca: o ativo se tornará um passivo invendável
  • Vaca indo para o brejo: mesmo com imunidade tributária de R$1,6 bi ao ano, não paga dividendos ao Tesouro desde 2014
  • Risco fiscal: R$21 bilhões adicionais no teto de gastos.

O Correios também estão perdendo mercado no envio de e-commerce. Segundo o Ministério da Economia, a participação dos Correios caiu de 80% para 60,% do mercado de entregas de produtos vendidos pela internet, entre 2013 e 2017.

 

Comentários