URGENTE: VICE-PROCURADOR-GERAL ELEITORAL DÁ PARECER PARA CASSAR O REGISTRO DO PT! Lava Jato revelou que o Partido cometeu crime e não só seus dirigentes

0

Finalmente a maior organização criminosa, nunca antes vista na política brasileira, deve ser extinta. O vice-procurador eleitoral Renato Brill de Goés deu parecer favorável à cassação do registro do Partido dos Trabalhadores por ter recebido dinheiro do exterior, como instituição e não somente  por iniciativa de seus dirigentes.

O PT alegava que seus erros foram cometidos por dirigentes e não pelo partido, o que caiu por terra.  A ação pedindo a cassação do registro do PT se deu devido a captação ilícita de recursos. Os recursos, diga-se de passagem, roubados, foram oriundos de empresas estrangeiras. Isso, por si só, já suficiente para que a Justiça Eleitoral conceda a cassação do registro do PT. Isso porque essa prática é vedada pela Constituição e pela Lei Eleitoral, conforme afirmou Renato Brill de Goés.

Segundo o vice-procurador, a operação Lava Jato revelou graves indícios de que o PT recebeu recursos de origem estrangeira das empresas Keppel FELS e Toshiba, como instituição, o que viola a Constituição e a Lei Eleitoral. A manifestação foi apresentada no último dia 27, mas somente hoje a imprensa brasileira teve conhecimento do fato.

Ao aceitar o início da fase de  instrução do processo, Goes se baseou na lei dos partidos políticos que possui um dispositivo que permite ao Tribunal Superior Eleitoral, após transito e julgado da decisão, determinar o cancelamento do registro civil e do estatuto do partido  que receber dinheiro de procedência estrangeira.

Comentários