Um general assume presidência 33 anos depois do regime militar Mourão assumiu presidência com viagem de Bolsonaro para Davos

0

Com a viagem do presidente Jair Bolsonaro para Davos, na Suíça, na noite deste domingo (20), o general Hamilton Mourão, vice-presidente, assumiu o comando do país e passa a ser o primeiro general a presidir a república depois de João Batista de Figueiredo.

Figueiredo deixou o cargo em 1985, há 33 anos.

Bolsonaro retornará na madrugada de quinta (24) para sexta (25). Ele foi acompanhado pelos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), da Economia (Paulo Guedes), Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente.

O fórum, realizado nos Alpes Suíços, reúne todos os anos, lideres políticos banqueiros e investidores do G20 (grupo que reúne as 20 principais economias do mundo) e de outros países, para discutir a construção de uma agenda econômica global, regional e industrial comum.

Comentários