Turistas não conseguem voltar para casa por coronavírus Situação complicada em alguns países. TAP é acusada de cobrar para trazer passageiros de Portugal, que tiveram vôo cancelado

0

Subiu para quase 11 mil, o número de turistas brasileiros presos em outros países sem voo de volta, segundo dados da Anac divulgados pela Folha.

Na última sexta-feira, o registro era de seis mil pessoas sem ter como voltar para o Brasil, por conta do fechamento de fronteiras terrestres e aéreas decretado em vários países para combater a pandemia do novo coronavírus.

A Agência Nacional de Aviação Civil obteve os números por meio de um formulário on-line para cadastrar brasileiros que tinham passagem comprada para retornar, mas não conseguem por causa das restrições.

De acordo com o cadastro da Anac, entre os países com mais brasileiros nessa situação estão Portugal, Peru, México e África do Sul.

O objetivo do formulário, disse a agência, é “oferecer um diagnóstico de onde estão essas pessoas para facilitar esse trâmite junto ao Ministério das Relações Exteriores, empresas aéreas e autoridades de aviação dos demais países”.

O Itamaraty, ainda não tem acesso aos dados, mas registra 3.000 pessoas que procuraram ajuda consular e não conseguiram voltar. O ministério do Turismo também não sabe precisar quantos turistas estão sem poder retornar para casa, de fora e dentro do país.

Operadoras de turismo brasileiras e passageiros questionam a atitude da empresa aérea TAP, que suspendeu voos de volta da Europa para o Brasil, mas está oferecendo por preços maiores, aeronaves fretadas para o retorno dos brasileiros.

Comentários