Três motoristas de aplicativo assassinados no fim de semana mobilizam motoristas Samambaia é o local mais perigoso, Núcleo Bandeirante, onde foi sequestrado último motorista morto é a considerada pela polícia, mais segura cidade. Veja o quadro de locais mais perigosos

0

Após três homicídios em menos de 72 horas no Distrito Federal, motoristas de aplicativos farão manifestações no começo da tarde desta segunda-feira (14/10) para pedir mais segurança.

Um dos protestos está marcado para começar às 13h30 saindo do Taguaparque. De lá, os condutores seguirão para o Cemitério de Taguatinga, onde Henrique Coelho, 25 anos, uma dos motoristas assassinados  será enterrado.

Só neste ano de 2019, foram registrados 408 assaltos aos motoristas de aplicativos de Brasília. Veja o quadro de lugares mais perigosos.

Locais mais perigosos para motoristas de aplicativos no DF
Locais mais perigosos para motoristas de aplicativos no DF

Samambaia lidera com 102 casos, seguida por Taguatinga com 81 e Ceilândia 80.

No dia 18, os motoristas pretendem fazer outra grande manifestação em busca de melhores condições de trabalho, como segurança e taxa cobrada pelos aplicativos para indicar passageiros justa para as viagens.

Segundo os motoristas, eles estão sofrendo um golpe. ” Começaram cobrando dez por cento do valor das viagens descontados para os aplicativos, mas agora os aplicativos estão ficando com uma parcela muito grande, entre 27% é 52% do que o passageiro paga”, diz um motorista que não quer ser identificado por medo de represália dos aplicativos que podem desligado motorista do serviço sem dar nenhuma explicação sobre o desligamento.

Seis adolescentes foram apreendidos pela Polícia Militar nesse domingo por  roubar e matar o motorista de aplicativo. Os menores estavam com o carro e outros pertences da vítima. À PM, eles deram detalhes do crime e disseram que estrangularam Henrique porque o rapaz teria reagido ao assalto. Dentro do veículo, os policiais encontraram simulacro de pistola, facão, faca, canivete, cinco celulares, R$ 103 em espécie, além da Carteira de Habilitação da vítima. Três menores confessaram a morte por estrangulamento da vítima.

O corpo do rapaz foi encontrado no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) por um taxista.

Henrique Dias  porfez o último contato com a família, por volta da 0h10 de domingo, quando informou à namorada que iria pegar um passageiro em um posto de combustível na entrada do Núcleo Bandeirante. O rapaz também trabalhava como terceirizado da Caixa Econômica Federal (CEF).

A Polícia Civil também investiga a morte de outra vítima. Tiego Cavalcante, 28, foi assassinado na Área de Desenvolvimento Econômico (ADE) de Samambaia na noite de sexta-feira (11/10/2019). Ele também trabalhava como motorista de aplicativo de transporte. Segundo familiares,Tiego trancou a faculdade de direito e se dedicava ao trabalho com os aplicativos e às artes marciais, treinando krav magá e jiu-jitsu. Ele levou um tiro no rosto.

O terceiro motorista de Brasília assassinado teve o carro e o corpo encontrados  em Goiânia. O carro foi encontrado no residencial Eli Forte.

motorista que trabalhava para o aplicativo Uber foi morto a tiros no final da noite deste domingo (13), no Residencial Eli Forte, em Goiânia.

Segundo informações iniciais repassadas pela Polícia Militar, quando a vítima foi encontrada dentro do carro, em uma rua de pouco movimento, o Fiat Argo com placa de Brasília que ele dirigia ainda estava com o motor ligado, as portas abertas, e o aplicativo que mostra a corrida não havia sido finalizado.

O motorista, Carlos Augusto dos Santos Lopes, de 25 anos, foi chamado pelo aplicativo para atender uma corrida num shopping da capital.

Os motoristas estão mobilizando nova paralisação

Atenção sociedade Brasiliense, os motoristas cansados de cobrar e agora organizados, *decidiram que no próximo dia 18/10/2019, vao parar* . As principais reivindicações que motivaram nossa paralizacao se relaciona com a frequente falta de diálogo por parte dos aplicativos nas insistentes e infrutíferas reivindicações , são elas ;

1- negligênciamento com a nossa segurança.

2 – As elevadíssimas e abusivas taxas de serviços principalmente do Uber que em alguns casos chega a 50%.

3 – E quanto aos valores das corridas que se tornaram insustentáveis na manutenção dos serviços prestados.

*Dia 18 de outubro 2019* nos motoristas vamos permanecer off line até os aplicativos nos tratarem”realmente” como parceiros . Venha e faça parte deste movimento você também. concentração no *Estacionamento do Estádio Mané Garrincha , às 9;00h da manhã* GRUPOS :…….

#Naosomospalhaço

*Motoristas de Aplicativo de Luto*

Quantos Pais/Mães não voltarão para suas casas??

*UBERS DE LUTO*

Todos nos encontraremos estacionamento da administração do taguapark a partir das 13:30

*Saída do comboio as 15h* passando pelo pistão norte, em seguida pela hélio prates até o cemitério ao lado do setor H norte

#COMPARTILHE
#QUEREMOSSEGURANCA

 

 

Comentários