Tragédia de Brumadinho aumenta preço do aço Efeito cascata já chegou ao mercado

0

O rio Paraopeba já apresenta 300 km de destruição ambiental causada pelo desabamento da barragem da mineradora Vale.

O estrago, vai além dos mais de 300 mortos e desaparecidos, e como um rio de lama vai causando efeitos cascatas na economia.

A irresponsabilidade da mineradora chega agora nas fábricas de aco. Com o fechamento das atividades da Vale em locais que os rejeitos eram depositados em barragens a montante, como as de Brumadinho e Mariana,  o preço do principal produto vai subir.

As Pelotas de minério de ferro, devem ficar mais caras e serão trazidas para as fábricas consumidoras, como Gerdau e CSN de unidades da Vale do Maranhão com preço mais caro.

Para ir aos altos-fornos das siderúrgicas, o minério super fino tem de ser aglomerado na forma de bolotas pelas pelotizadoras.

Por causa da tragédia, a Vale  suspendeu a produção em nove minas e duas pelotizadoras – Fábrica e Vargem Grande. Juntas, deixam de produzir  11 milhões de toneladas de pelotas.

A Vale possui estranhamente o monopólio dessa produção no Brasil. Na semana passada, a tonelada do produto já valia US$ 141,75 – uma alta no período de quase US$ 20.00 no mercado internacional. Mais um desastre para economia combalida de nacional.

 

 

 

Comentários