Toffoli tira da prisão conselheiro que jogou propina fora correndo escada abaixo O corrupto desceu 16 andares fugindo da polícia

0

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Antônio Dias Toffoli mandou para casa o conselheiro do Tribunal de Contas Estadual (TCE) de Mato Grosso Waldir Teis, que está preso por corrupção.

O presidente do STF acatou os argumentos da defesa, que apontou idade avançada do conselheiro e uma série de comorbidades, mesmo ele tendo sido preso após descer, correndo da polícia, 16 andares pela escadaria do seu escritório em Cuiabá.

O corrupto tentou se livrar de cheques que comprovam o recebimento de propina.

Teis, de 66 anos, foi preso em 1º de julho, após ser flagrado fugindo pelas câmeras de segurança que gravaram a saúde e disposição do conselheiro correndo 16 para tentar se livrar de cheques no valor de quase R$ 500 mil.

Ele é investigado na Operação Ararath, que apura crimes de corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e organização criminosa por conselheiros do TCE-MT.

Toffoli engoliu a tese de idade avançada e comorbidades. saúde!

Comentários