Terrorismo em Brasília é real e mira Bolsonaro Grupo especial foi criado para descobrir autores de site que reivindica atentados

0

Uma bomba, colocada em uma igreja de Brasília, programada para explodir no momento em que foi rezada uma missa de Natal, com a presença de mais de mil pessoas, falhou e foi descoberta e detonada pelo esquadrão anti-bombas.

O artefato encontrado na Igreja Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, na madrugada de terça-feira (25) teria semelhança com um outro, encontrado na rodoviária de Brasília, semanas atrás, por onde passam milhares de pessoas.

O terrorismo parece ser real na capital do país. Um site intitulado Maldição Ancestral que está no ativo na internet, reivindicou a autoria do atentado e diz que pretende atingir Jair Bolsonaro, presidente eleito. 

Segundo o delegado Adval Cardoso, do 18° DP, a escolha do santuário para o atentado não foi aleatória. “Essa igreja é uma das três maiores do país. No momento em que acreditamos que seria acionada, havia em torno de 1 mil pessoas celebrando a Missa do Galo”, disse ele ao jornal Metrópoles.

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), da Polícia Federal (PF) e da Subsecretaria de Inteligência (SI) da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP) estiveram em Brazlândia, nesta quinta-feira (27/12) e montaram força tarefa para identificar os autores do atentado frustrado.

A página da Internet que reivindica os atentados possui diversas  postagens com ameaças terroristas. Veja aqui: https://maldicaoancestral.org

As investigações são dificultadas porque o site está hospedado no exterior e criptografado.

 

 

Comentários