STF suspende investigações contra José Serra

0

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Antônio Dias Toffoli suspendeu as investigações sobre o senador do PSDB de São Paulo, José Serra nas justiças eleitoral e federal.

O tucano também é investigado por caixa 2 e lavagem de dinheiro por ter recebido propina da Qualicorp na campanha de 2014.

Neste caso, o presidente do Supremo entendeu que a apuração não se limitou ao mandato anterior e extrapolou para o atual, o que só poderia ocorrer com autorização do Supremo.

Toffoli também impediu buscas da PF no gabinete do parlamentar acusado de corrupção. Toffoli disse que os mandados de busca e apreensão determinados por juízes de São Paulo foram amplos demais e poderiam atingir informações relacionadas ao mandato do parlamentar e criticou “a extrema amplitude da ordem de busca e apreensão, cujo objeto abrange computadores e quaisquer outros tipos de meio magnético ou digital de armazenamento de dados, impossibilita, de antemão, a delimitação de documentos e objetos que seriam diretamente ligados desempenho da atividade típica do atual mandato do senador”.

As ordens de suspensão se referem aos inquéritos por caixa dois nas eleições de 2014 e por corrupção e lavagem de dinheiro em contratos das obras do Rodoanel, em São Paulo. O primeiro caso tramita na Justiça Eleitoral. O segundo, na Justiça Federal, que acaba de receber a denúncia do MPF no caso, tornando Serra e a filha Verônica réus.

Comentários