Senador preso volta a trabalhar no Senado de dia Gurgacz dorme na Papuda, mas vai fazer leis para o Brasil

0
Alcir gurgacz preso e fazendo leis

O criminoso e presidiário senador da República Alcir Gurgacz é a cara do Congresso. Ele vai poder sair da Papuda onde cumpre pena para trabalhar de dia no Senado Federal. Gurgacz é filiado ao Partido Democrático Trabalhista. Em 10 de outubro de 2018, entregou-se para começar a cumprir pena de 4 anos e 6 meses de prisão por crimes contra o sistema financeiro. Ele é proprietário do Sistema Gurgacz de Comunicação que tem uma repetidora da Rede TV em Rondônia.

Segundo a juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais, Gurgacz cumpriu tempo suficiente para ser contemplado com a progressão de regime, um sexto da pena à qual foi condenado, de 4 anos e 6 meses de prisão.

O senador meteu a mão mediante fraude, entre 2003 e 2004, em financiamentos no Banco da Amazônia para renovar a frota de sua empresa de ônibus

Comentários