Senador do dinheiro nas nádegas já pagou quase meio milhão a primo de Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro Léo Índio é figura constante no Palácio do Planalto

0

O primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio, é assessor parlamentar do senador Chico Rodrigues, desde abril de 2019, em Brasília.

Leo Índio tomou posse pouco mais de um mês depois de Bolsonaro escolher Chico Rodrigues como vice-líder do governo no Senado.

O primo de Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro já recebeu R$ 436 mil do Senado em um ano e meio com salário bruto de 22.943,73 reais, além de auxílio-alimentação de 982,28 reais e gratificações.

Chico Rodrigues foi flagrado ontem, escondendo dinheiro entre as nádegas em Operação que investiga o roubo de R$20 milhões do combate ao Covide-19.

Comentários