A quem serve o TSE? Justiça tardia é justiça Tribunal cassa governador de Tocantins a menos de um ano para terminar mandato

0

Enquanto os ministros do Supremo Tribunal Federal se acusam de ser o pior da espécie humana, o Tribunal Superior Eleitoral, que por sinal tem vários integrantes do STF,  cassa um governador a menos de nove meses do fim de seu Mandato por ele ter usado e abusado de caixa dois, dinheiro roubado do contribuinte, não declarado ao imposto de renda e sujo mesmo.

Os mesmos ministros do TSE permitiram que Michel Temer seguisse como presidente, e não viram nada de errado na conduta ou na campanha do vice-presidente de Dilma Rousseff.

A questão é: Para que serve um Tribunal inteiro se o mandato do corrupto governador já foi cumprido? Apesar da decisão, ter efeito imediato e novas eleições previstas para serem realizadas, quem vai governar o estado é presidente da Assembleia Legislativa de Tocantins, Mauro Carlesse (PHS) em mandato tampão de até 40 dias.

Cinco dos sete ministros consideraram que houve caixa 2, em 2014, na campanha do governador Marcelo Miranda (PMDB), e da vice-governadora, Cláudia Lelis (PV).

Marcelo Miranda está inelegível até 2024, acusado de ser o dono de meio milhão de reais encontrados em um avião com panfletos dos candidato, apreendido em uma pista de pouso de Piracanjuba (GO), a 87 km de Goiânia, quando foram presas quatro pessoas ligadas ao governador.

Segundo depoimento de um dos presos, o dinheiro era da campanha eleitoral, já que na época, as contas de Marcelo Miranda estavam bloqueadas judicialmente por irregularidades em mandato anterior como governador, em 2003. Pelo menos R$ 1,5 milhão também foram usados ilegalmente na campanha de Miranda em 2014 segundo a denúncia.

Comentários