Quadrilha Roriz condenada por roubo no BRB Filhas do ex-governador condenadas a prisão

0

Finalmente o patriarca da quadrilha Roriz deve estar vendo, seja lá de onde estiver, que seus crimes estão sendo punidos.

A  2ª Vara Criminal de Brasília condenou, nesta segunda-feira (17/06), a ex-deputada federal Jaqueline Roriz e Weslliane Roriz, filhas do ex-governador Joaquim Roriz, a três anos de prisão em regime aberto e multa por lavagem de dinheiro.

Roriz  determinou empréstimo fraudulento de R$ 6,7 milhões do  BRB aos irmãos Cortopassi para a construção do Residencial Monet, em Águas Claras. Em troca, teria recebido 12 apartamentos no empreendimento, que foram distribuídos entre seus familiares comparsas.

A justiça tardou tanto, que o criminoso, líder da quadrilha, está morto faz tempo. Em janeiro deste ano, pelo mesmo episódio, o Conselho Especial do TJDFT absolveu a ex-distrital Liliane Roriz da denúncia de lavagem de dinheiro. Morto em setembro de 2018, Joaquim Roriz teve a punibilidade extinta. Os Cortopassi, Roberto e Renato foram condenados a 5 anos e 8 meses de prisão.

Comentários