Prêmio de Fotografia para Olhar Brasília Tem uma novidade na cidade: Prêmio Olhar Brasília de Fotografia inova ao chamar o morador do DF para registrar a sua própria vida.

0
Samanta Sallum e Marcia Zarur no dia do lançamento do Prêmio. Foto Layrce Tomaz

A ideia do concurso é permitir que o cidadão mostre, por meio de imagens, sua rua, sua casa e cada fragmento do seu cotidiano. Ele quer incentivar que o brasiliense revele o verdadeiro DF, com seus 3 milhões de pessoas que trabalham, estudam, pegam ônibus, vão ao shopping e brincam com os filhos e seus “pets”.

 

As jornalistas Marcia Zarur e Samanta Sallum são as responsáveis por tornar real o Prêmio de Fotografia Olhar Brasília. A ideia delas é ter um evento cultural que colha imagens de uma cidade que ainda não se revelou e promover a visão fotográfica do cotidiano do cidadão, dos desenhos arquitetônicos das regiões administrativas, da movimentação das ruas, do dia a dia das crianças e dos idosos em cada canto do “quadradinho”.

 

O concurso se propõe a mostrar Brasília muito além do Congresso Nacional, STF e Palácio do Planalto. Para tanto, serão duas categorias no prêmio: Amadora que quer favorecer as imagens feitas do dia a dia do cidadão em suas Regiões Administrativas e Profissional que abre espaço para os jornalistas, arquitetos e gente que vive da fotografia traduzam a cidade com todo sua forma e sua  peculiaridade.

 

Serão 40 fotos selecionados nas duas categorias que farão parte de exposição. Entre elas, três de cada categoria serão declaradas finalistas no dia 09 de maio. Serão distribuídos R$ 4.500,00 em prêmios para a melhores fotos no segmento professional e outros R$ 3.500,00 em prêmios para as três melhores imagens na categoria amadora.

 

Se tem um olhar sobre o que é a sua Brasília, inscreva-se. Não perca essa oportunidade de revelar a sua cidade.

Comentários