Polícia nas ruas do DF investiga compra de testes da Covid-19 São 25 mandados de busca e apreensão

0

A Polícia Civil do Distrito Federal está nas ruas em uma operação que apura irregularidades na compra de testes de Covid-19 pelo governo do Distrito Federal.

A Operação foi deflagrada nesta quinta-feira (2) e mira alvos da secretaria de saúde e empresários. A polícia faz buscas na Secretaria de Saúde do DF. Em Brasília, laboratórios particulares estão sendo alvos de busca e apreensão. Ao todo 3 empresas são alvos. A polícia também foi à casa de empresários.

Ao todo são cumpridos 25 mandados de busca e apreensão em endereços no Distrito Federal. Entre os alvos, estão o subsecretário de Administração Geral da Secretaria de Saúde do DF, Iohan Andrade Struck, e o diretor do Laboratório Central do DF, Jorge Antônio Chamon Júnior.

As investigações apontam superfaturamento nas compras e baixa qualidade dos testes, que podem dar falso negativo.
O prejuízo aos cofres públicos com as compras superfaturadas é estimado em cerca de R$ 30 milhões.
São investigados crimes como fraude a licitação, organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e cartel.
Entre os endereços alvo dos mandados estão o Laboratório Central do DF, a Farmácia Central, a Secretaria de Saúde do DF e residências dos responsáveis pelas compras.
Compras foram feitas com dispensa de licitação.

Comentários