PGR quer mais 60 dias para investigar Aécio Neves Aécio recebeu propina para apoiar construção de usinas, segundo delatores

0

A Procuradoria Geral da República-PGR encaminhou  pedido ao Supremo Tribunal Federal – STF mais 60 dias para investigar a  participação do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) no esquema de corrupção nas obras no Rio Madeira e nas usinas hidroelétricas de Santo Antônio e Jirau.

O ministro Edson Fachin, relator do inquérito no STF,  vai analisar o pedido para concluir as investigações baseadas nas denuncias de delatores da Odebrecht, que afirmaram terem repassado propina para o então senador apoiar as obras das usinas hidrelétricas.

Comentários