PGR quer aprofundar investigação de ministro do TCU Augusto Nardes é acusado de corrupção

0

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a retomada das investigações sobre  vantagens ilícitas que teriam sido recebidasr pelo ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU), segundo delatores.

A apuração faz parte de um inquérito aberto em março de 2018 a partir de delações e que tramita em segredo de Justiça.

O pedido foi encaminhado ao presidente do Supremo, Dias Toffoli.

Dodge diz que as investigações, já realizadas pela polícia, confirmaram informações de delatores com extratos  anexados ao processo que demonstram indícios de crimes.

“O completo esclarecimento dos fatos ainda demanda novas diligências, e, assim, a continuidade das investigações se apresenta necessária”, disse Dodge.

Nardes, ex-deputado do PP, alçado ao cargo de ministro do TCU pelo então presidente da Câmara, Severino Cavalcante,  é investigado por esquema de venda de sentenças no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). Segundo a PGR,  “há indícios da prática de crimes graves, o que exige o aprofundamento das investigações”.

Comentários