PF prende aliado de Rodrigo Maia por fraude na compra de respiradores no Pará André Filipe foi secretário de esportes de Arruda

0

A Polícia Federal prendeu em Brasília André Filipe Oliveira, acusado de envolvimento em esquema para venda de respiradores hospitalares ao governo de Helder Barbalho.

A ordem de prisão temporária foi expedida pelo juiz federal Rubens Rollo de D’Oliveira, da 3.ª Vara Federal do Pará.

A PF também cumpriu mandado de busca e apreensão na residência de André Filipe. Segundo a defesa, o empresário “já havia prestado esclarecimentos” à Justiça paraense, que chegou a apreender seu celular.

Natural do Rio de Janeiro, André é conhecido em Brasilia. Indicado por Rodrigo Maia para a Secretaria de Esportes do Distrito Federal no governo José Roberto Arruda, André Filipe de Oliveira continuou em Brasília mesmo depois de deixar o cargo, no final de 2007. O atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, se hospedava em sua casa no Lago Sul, na época.

André Filipe preso por venda de respiradores estragados ao Pará

Felipe é considerado também o idealizador das Vilas Olímpicas do Rio. Na campanha de 2018, foi eleito 2º suplente na chapa do senador Izalci Lucas (PSDB) com Luís Belmonte, 1º suplente.

No caso da venda dos respiradores ao Pará, André Felipe atuou como representante comercial da SKN do Brasil Importação e Exportação, responsável pela venda. Ontem, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 25,2 milhões em bens da empresa.

Conforme investigação em curso, os respiradores comprados da China, para uso em UTIs de pacientes com Covid-19, apresentaram defeitos de funcionamento e até falta de peças.

Comentários