PF pediu prisão de Aécio, Paulinho, Cristiane e Benito, mas STF e PGR não deixaram Operação Ross vasculhou endereços ligados aos acusados nesta terça

0

O STF e a PGR negaram o pedido de prisão domiciliar da Policia Federal contra o senador Aécio Neves, os deputados Paulinho da Força, Cristiane Brasil e Benito Gama na operação Ross, deflagrada na manhã dessa terça-feira, 11.

A PF também pediu a prisão de Andréa Neves, irmã do senador mineiro. A operação investiga corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha e é baseada nas delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista donos da Friboi.

Segundo as investigações , Aécio Neves comprou apoio de partidos para a campanha política que o elegeu senador em 2014.

 

Comentários