PF investiga R$ 25 milhões de desembargador em ação deflagrada hoje Suspeita é que houve venda de sentenças no tribunal de Tocantins

0

Deflagrada na manhã desta terça-feira, a Operação Madset, da Polícia Federal, tem como um dos alvos o desembargador do Tribunal de Justiça de Tocantins Ronaldo Eurípedes de Souza, ex-presidente da Corte do Estado.

O desembargador movimentou R$ 11,5 milhões entre 2013 e 2015, segundo as investigações. A suspeita é de venda de decisões judiciais no tribunal. Além de sete mandados de busca, são cumpridas 25 intimações de suspeitos de envolvimento no esquema.

Todas as medidas foram autorizadas pelo STJ, que também bloqueou R$ 4 milhões em bens dos investigados.

Comentários