PF INVESTIGA FRAUDE EM COMPRAS PARA CORONAVÍRUS Moro havia dito, quando ainda ministro, que a PF seria implacável contra os roubos nas licitações para combater o vírus chinês

0

A Policia Federal deflagrou nesta quarta-feira (29), a Operação Virus Infectio, que investiga desvio de recursos públicos destinados ao combate à pandemia causada pelo vírus chinês.

Dois mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos no Amapá.

Segundo a PF, há “fortes indícios de superfaturamento na aquisição de equipamentos de proteção individual, em pelo menos seis dos quinze itens comprados” por meio de contratos firmados pelo Fundo Estadual de Saúde do Amapá, sem licitação.

Também foi constatado superfaturamento em lotes de materiais hospitalares de proteção — máscaras chegaram a mais de 800% de sobrepreço.

ação conta com a participação do Ministério Público Federal (MPF) e da Controladoria Geral da União (CGU) e mira a empresa Equinócio Nutri, que é administrada por dois irmãos.

segundo a assessoria de comunicação da PF, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão, um na residência dos sócios, no Centro de Macapá, e outro na empresa de equipamentos hospitalares,localizada no bairro Santa Rita. A empresa Equinócio Nutri foi contratada para o fornecimento dos insumos utilizados pelas equipes assistenciais de prevenção e combate à pandemia.

As investigações apontam fortes indícios de superfaturamento na aquisição de equipamentos de proteção individual, em pelo menos seis dos quinze itens comprados, através de contrato firmado pelo Fundo Estadual de Saúde do Amapá (FES), por meio de dispensa de licitação.

Também foram verificados indícios de superfaturamento em lotes de materiais de proteção hospitalares, mostrando variações de valores significativas, com destaque para as máscaras duplas e triplas que atingiram patamares de 814% e 535% de sobrepreço, respectivamente.

De acordo com as investigações, o valor pago à empresa contratada pelos itens analisados foi de aproximadamente R$ 930 mil. No entanto, o valor de referência seria de quase R$ 291 mil, o que mostra que foram pagos cerca de R$ 639 mil a mais em relação aos preços médios praticados no mercado nacional.

Comentários