PF faz busca no PSL em Minas sobre laranjas de ministro do Turismo Operação “Sufrágio” mira foi desencadeada com autorização da justiça eleitoral minei

0
Marcelo Alvaro Antônio - ministro do Turismo

Ao todo a Polícia Federal cumpre sete mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e mais quatro cidades mineiras, nesta segunda-feira (29), para desvendar as denúncias de candidaturas de “laranjas” pelo PSL nas eleições de 2018. Os crimes seriam no repasse de recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha pelo PSL a quatro candidatas nas eleições de 2018.

As investigações miram o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que presidia o partido em Minas Gerais durante as supostas fraudes.

Foram apreendidos documentos relativos à produção de material gráfico de campanhas eleitorais na sede do partido, na Rua Inconfidentes, na Região Centro-Sul da capital mineira.

As buscas também acontecem em gráficas no bairro Ipanema, na Região Noroeste de BH e em outras duas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e Lagoa Santa. Outros endereços de apreensões são em Coronel Fabriciano e Ipatinga, no Vale do Rio Doce.

Comentários