PF de Bolsonaro demite delegado que denunciou crimes de ministrro do Meio Ambiente ao STF

0

A Polícia Federal (PF), do presidente Jair Bolsonaro, comandada agora por Paulo Maiurino, decidiu trocar o superintendente do órgão no Amazonas, Alexandre Saraiva.

A mudança acontece depois de Saraiva pedir que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sob a acusação de que ele dificulta a ação fiscalizadora do poder público, exerce advocacia administrativa e integra organização criminosa.

Saraiva e Salles estão em rota de colisão desde que o ministro saiu em defesa de madeireiros crominosos, após a PF fazer uma apreensão recorde de madeira extraída ilegalmente.

O delegado Leandro Almada deve assumir a superintendência da PF no Amazonas. Ele foi o número dois de Saraiva por um período.

Superintendente da PF no Amazonas, Alexandre Saraiva diz que não foi informado oficialmente de sua demissão

Saraiva ainda não foi informado oficialmente de sua demissão. ” Soube pela imprensa” comentou o investigador que denunciou o ministro.

Comentários