Petrobrás cancela R$872 milhões de patrocínio para Fórmula 1 Governo Bolsonaro considerou injustificável parceria com MacLaren

0

A Petrobras cancelou o contrato de patrocínio de R$ 872 milhões com a equipe de Fórmula 1, McLaren. Após análise da secretaria de Política Econômica (SPE), que está sob o comando de Adolfo Sachsida, o contrato, que foi assinado na gestão de Pedro Parente, quando Michel Temer era presidente d República, foi classificado agora como “injustificável”.

A informação é do ministro da Economia, Paulo Guedes. Em maio, o presidente Jair Bolsonaro disse no Twitter que iria rescindir o contrato de publicidade com a escuderia, que foi assinado para durar cinco anos. A única emissora de televisão que transmite aas corridas de Formula 1 no Brasil, é a Rede Globo.

Comentários