Palocci vai cumprir prisão em casa com tornozeleira TRF 4 decidiu por prisão domiciliar para o corrupto

0

O ex-ministro da Fazenda, Antônio Palocci foi condenado a 9 anos e dez dias de prisão pela  8ª Turma do TRF-4 que decidiu, por maioria, pela progressão do regime de prisão para o semi-aberto diferenciado. Palocci vai cumprir prisão domiciliar com monitoramento por tornozeleira eletrônica.

A sentença foi definida em sessão fechada que aprovou a validade da delação do ex-ministro que implodiu o PT. Palocci, em sua delação, afirmou que “não se tratava de divisão de grupos honestos e desonestos, sendo que houve desonestidade em toda a estrutura dentre todas suas lideranças” se referindo ao Partido.

Palocci está preso desde 2016, e foi condenado por Sergio Moro, na época juiz, a mais de 12 anos de prisão por corrupção. O ex-ministro de Lula fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal durante o processo na segunda instância. A  Força-Tarefa de procuradores da Operação Lava Jato no Paraná  não  havia aceitado a delação em primeira instância.

Comentários