O PESADELO DE PARENTE

0

Foi lançado por Ibaneis um convênio com a Polícia Militar para formar alunos em quatro escolas públicas do DF. Os locais escolhidos foram a Estrutural, Ceilândia, Recanto das Emas e Sobradinho, em decorrência do “baixo desempenho” escolar existentes e o “alto índice de criminalidade” das regiões.

O secretário de Educação, Rafael Parente defensor durante anos das práticas adotadas pelo governo do PT, engoliu calado as reformas determinadas pelo governador e atuará em regime de harmonia com o comando da polícia militar.

Na tentativa de uma saída honrosa ele declarou que as ações da PM não deverão influenciar o currículo pedagógico, ressaltou ainda que os militares vão ajudar na formação disciplinar de alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do ensino médio.

disse Parente: “Esse é mais um projeto piloto, assim como outros que serão testados. Vamos avaliar os custos e os resultados, para decidirmos se vale a pena ampliar”. querendo dar o tom de que quem dará a última cartada.

Mas sabe-se que cada uma das escolas receberá de 20 a 25 militares policiais ou bombeiros, um número expressivo, que deverão integrar o quadro de servidores e manter os rígidos padrões de excelência que existem nas escolas militares do pais, e que o chefe da Casa Militar, coronel Júlio César Lima de Oliveira, estará atento ao trabalho dos policiais que participarão do projeto.

No DF o comando é do Governador e Parente terá que bem conviver com o regime militar, agora a ser implantado nas escolas. Manda quem pode obedece quem tem juízo.

MCLNetto

Comentários