Motorista de Uber desaparece enquanto trabalhava no DF

0

A Família do motorista de aplicativos está desesperada com o sumiço de Adelino Rocha, que mora em Santa Maria no Distrito Federal.

Segundo informações dos familiares ele estava trabalhando pelo Uber e depois de atender uma chamada ontem, dia 28 de janeiro, às 14hs, não fez mais contato com amigos e familiares.

No whatsapp dele, segundo a família, a última visualização foi às 18hs de ontem. O celular está desligado e o veículo, um Renault Logan Branco de placa QOF-5359 não foi encontrado.

A violência contra motoristas de aplicativos assusta os trabalhadores. Somente neste ano, que ainda não completou um mês, dois motoristas foram assassinados.

Aos 29 anos, Maurício Cuquejo Sodré foi encontrado morto, na manhã da quinta-feira (23), em uma área rural da Granja do Torto, em Brasília. Ele também morava em Santa Maria e trabalhava durante a madrugada.

Já Aldenys da Silva foi encontrado pela Polícia Rodoviária Federal no dia 18, às margens da BR 070, na região de Brazlândia. Aldenys estava desaparecido desde o dia 3 de janeiro.

O carro dele foi rastreado no Ceará, no dia 5 de janeiro.

Quem tiver qualquer informação sobre Adelino Rocha ou o carro Renault Logan Branco de placa QOF-5359 deve entrar em contato pelos telefones 98642-3376 / 9524-9033.

Comentários