Morte de guitarrista do virgulóides é radiografia da saúde brasileira

0

A morte do guitarrista da banda Virgulóides, Marcello Cassettari, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, após sofrer um acidente doméstico ao sair do banho e ter sido mandado para casa por duas vezes depois de pedir socorro em hospitais é a radiografia do descaso com a saúde no Brasil. O autor da musica Bagulho no Bumba ficou nacionalmente conhecido na década de 1990.  Durante o enterro nesta quarta-feira (22), familiares e amigos reclamaram de erro médico.

Cassettari caiu ao sair do banho e quebrou uma costela em sua casa  no litoral de São Paulo,  no último domingo e bateu as costas no vaso. Ele foi levado ao pronto socorro do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, onde fez raio-x e exame de sangue. As imagens mostraram que o músico havia quebrado a costela mas, mesmo assim, foi liberado. Ele voltou no mesmo dia para o hospital com muitas dores, e foi mandado de volta para casa novamente.

Na segunda-feira (20), Marcello foi levado de ambulancia pelo Samu para o  hospital Irmã Dulce, já em situação criticas e morreu de hemorragia causada por perfuração do baço pela costela quebrada.

A família diz que houve negligência médica, já que ele não tinha nenhum problema de saúde.

Comentários