Moro pede demissão do cargo de juiz Mesmo de férias, juiz preferiu se desligar do trabalho

0

Sérgio Moro não é mais juiz federal. O afastamento do futuro ministro da Justiça foi publicado nesta sexta-feira 16.

Moro preferiu se afastar do cargo, mesmo estando de férias. O desligamento antecipado foi justificado por Moro por conta de críticas que vinha sofrendo por ter aceitado o convite de Jair Bolsonaro para assumir o ministério.

Moro disse que “houve quem reclamasse que eu, mesmo em férias, afastado da jurisdição e sem assumir cargo executivo, não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo”, explicou o ex-juiz.

Moro também destacou que sente pesar por deixar a magistratura depois de 22 anos de serviço prestado ao judiciário.

“Destaco meu orgulho pessoal de ter exercido durante 22 anos o cargo de juiz federal e de ter integrado os quadros da Justiça Federal brasileira, verdadeira instituição republicana” , escreveu.

O futuro ministro disse que deve passar a integrar oficialmente a equipe de transição de governo a partir de segunda-feira, dia 19.

 

Comentários