Moro diz que não podemos desistir da prisão em 2° instância

0

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro defendeu nesta terça-feira (27), em debate virtual na Câmara dos Deputados, a retomada do debate sobre a prisão em segunda instância.

“O debate arrefeceu, mas precisa ser retomado. Não se trata de punitivismo, nem de sentimento de vingança, mas de realizar a Justiça”, disse o ex-juiz da Lava Jato

Sergio Moro voltou a dizer que era o único integrante do governo de Jair Bolsonaro a tratar do tema.

“Desejo muita sorte aos deputados, porque a única pessoa que falava da PEC dentro do governo era eu. E depois que eu saí, ninguém mais fala.”

Moro lamentou o fato de que Bolsonaro abandonou um dos principais pilares de sua Bandeira nas eleições de 2018 contra a corrupção, a prisão em segunda instância.

“É lamentável que o governo tenha abandonado a execução em segunda instância. Não há nenhuma justificativa para tanto.”

Moro manteve a esperança dos que defendem o fim das protelações judiciais e acrescentou que “não podemos desistir”

O seminário sobre sistemas judiciais foi transmitido pela TV Câmara e foi organizado pelo deputado federal Alex Manente (Cidadania-SP), autor da Proposta de Emenda a Constituição que prevê a prisão de condenados na segunda instância da justiça.

Comentários