Moro alerta que assassinos serão soltos

0

O professor, ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Lava-Jato, Sergio Moro disse que “este é o momento” de rever a regra, inserida pelo Congresso no pacote anticrime, que permitiu a soltura do mega traficante e líder do PCC, André do Rap.

“Daqui a pouco pode ter assassino sendo solto”, disse o ex-ministro em entrevista à GloboNews.

Quando ministro, Moro propôs a Jair Bolsonaro vetar o trecho “Jabuti” inserido no projeto, que manda juízes reavaliarem a prisão preventiva a cada 90 dias, sob pena de torná-la ilegal,mas o presidente sancionou a lei.

Moro voltou a defender a prisão em segunda instância, proposta no pacote anticrime e rejeitada pelos parlamentares. Se ela estivessem em vigor, André do Rap também não seria solto, já que tem condenação confirmada pelo TRF-3.

“Aí não tem mais prisão preventiva. Esse indivíduo nunca ia ser solto, porque já ia estar cumprindo pena, sem qualquer necessidade de nós pensarmos em falar em rever prisão preventiva”, disse Moro.

Comentários