Ministro do Turismo pede foro privilegiado e STF analisa Fux pediu informações sobre investigações do Laranjal do PSL mineiro

0

Durante sua campanha pela reeleição para a Câmara, no ano passado, o hoje, ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio defendia o fim do foro privilegiado, mas agora, acusado de ter usado candidatas fantasmas para roubar dinheiro do povo, ele quer o que todo corrupto sonha: um STF para chamar de seu.

Marcelo pediu para que as investigações sobre as candidatas laranjas em MG sejam conduzidas pela Suprema Corte do Foro Privilegiado para impunidade e o ministro Luiz Fux já pediu informações sobre as investigações ao procurador regional eleitoral de Minas Gerais, Angelo Giardini de Oliveira. Uma vergonha nacional. Enquanto o isso, o Palácio do Planalto diz que está “observando” o caso.

Eleitores de Jair Bolsonaro cobram nas redes sociais um posicionamento duro de afastamento imediato e  Bolsonaro ainda não ouviu a voz do povo, mas deveria ouvir já que foi eleito para fazer diferente do que sempre fez o PT.

 

Comentários