Ministro Bebianno pode ser primeira baixa no governo Bolsonaro Vereador Carlos, filho do presidente ataca ministro que reage com sinalização de saída

0

O ministro Gustavo Bebianno estaria decidido a deixar o governo de Jair Bolsonaro, depois das declarações do presidente na noite desta quarta-feira (13) ao jornal da Record.

Durante a madrugada desta quinta-feira (14)  o ministro teria  dito para interlocutores que estaria decidido a pedir demissão,

Em conversas com familiares e assessores  Bebianno reclama da exposição “gratuita” a que foi submetido por Carlos Bolsonaro.

O ministro avalia que está sendo injustiçado, considerando sua dedicação a Jair Bolsonaro até aqui e disse que não sairá “pela porta dos fundos do Palácio do Planalto”.

A encrenca começou depois de surgirem denúncias de que o PSL destinou ilegalmente R$ 400.000 para candidata a deputada federal que recebeu menos de 300 votos, levantando a suspeita de ser uma laranja do partido. Bebbiano e Carlos Bolsonaro divulgaram mensagens que desgastaram o ministro. No Twitter o filho do presidente  acusou o ministro de ser mentiroso. Carlos se referiu ao comentário de Bebbiano sobre ter conversado com Jair pelo menos três vezes naquele dia, negando que houvesse crise. Carlos disse que Bebbiano não havia tratado do assunto da reportagem do jornal. Acontece que Bebbiano não falou sobre ter conversado com Jair sobre a candidata que teria recebido o dinheiro da campanha.

Uma confusão que deve ser resolvida nesta quinta-feira pelo governo, já que ao que tudo indica, o vereador, filho do presidente interpretou mal as declarações do ministro. A conferir.

 

Comentários