Metrô paralisado em Brasília afeta trânsito e irrita população Sindicato quer mais do que ficou acertado no último acordo entre governo e funcionários

0

O trânsito em Brasília, já não é bom em dias normais, mas como tudo pode piorar, a greve dos metroviários iniciada hoje provoca mais com confusão.

A faixa exclusiva da Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) ficará liberada 24 horas por dia enquanto durar a paralisação dos metroviários. A determinação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) vale a partir desta quinta-feira (02/05/2019 na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), a operação reversa dos ônibus e a liberação da quarta faixa para os veículos leves no sentido da via funcionarão normalmente nos horários de pico (das 6h às 9h e das 17h30 às 19h45).

Nos demais horários do dia, a faixa exclusiva para os ônibus na EPTG permanece exclusiva para os coletivos. O Departamento de trânsito do DF (Detran) ainda não se manifestou sobre mudanças nas W3 Sul e Norte e do Setor Policial Sul.

Assembleia
Em assembleia realizada com a categoria neste feriado de 1º de maio, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do DF (SindMetrô-DF) decidiu manter a greve prevista para começar a partir desta quinta-feira (02/05/2019). Durante a reunião, os dirigentes apresentaram a proposta oferecida pela empresa aos profissionais, mas ela foi rejeitada e a paralisação, que já havia sido anunciada, mantida.

O sindicato reclama que benefícios sociais reunidos em 52 cláusulas teriam sido cortados. Além disso, o Metrô não estaria cumprindo acordos coletivos, judiciais e sentenças da Justiça favoráveis à categoria desde 2015.

Comentários