Médium reaparece em Abadiânia e diz que é inocente Ele não fez os atendimentos costumeiros das quartas-feiras

0

João de Deus, o médium acusado por mais de duzentas mulheres de abuso sexual, reapareceu nesta quarta-feira 12, pela primeira vez depois das denúncias serem divulgadas na sexta-feira passada.

Na casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal, João de Deus chegou às 9h30 cercado por seguidores e caminhou na Casa. Ele ficou alguns minutos dentro do estabelecimento e na saída declarou que é inocente, entrou em um carro e foi embora, sem atender aos quase 100 fiéis que o aguardavam para a realização de suas sessões de curas.

Comentários