Médium Monstro: João de Deus é processado por estupro de filha

0

Uma filha de João Teixeira de Faria o médium conhecido como “João de Deus”, move na justiça de Goiäs, uma ação contra o próprio pai por estupro continuado que teria sido iniciado quando a vítima ainda era criança.

A ação pede reparos por danos morais em decorrência da violência sexual  no valor de R$ 5O milhões.

A ação foi impetrada no início de 2018 e corre em segredo de justiça, mas  veio a tona nesta segunda-feira 10,  depois da veiculação de denúncias de abuso sexual sofridos por fiéis do curandeiro. No processo, a filha de João de Deus diz que o pai é um homem bruto, cruel e violento.

Somente nesta segunda-feira, o Ministério Público de Goiás recebeu quarenta denúncias de mulheres que entraram em contato afirmando terem sido vítimas do espírita. A maioria entrou em contato pelo email disponibilizado pela Força Tarefa criada para investigar o caso, o denuncias@mpgo.mp.br.

Os depoimentos das vítimas devem ocorrer até o fim desta semana. Em Sao Paulo, a promotora Gabriela Mansur afirma que, depois da exibição da denúncia na sexta-feira passada em um programa de televisão, já foi procurada por mais de 200 mulheres que afirmam terem sofrido algum tipo de violência sexual por João de Deus.

Nesta terça-feira estão marcados depoimentos em.Minas Gerais e SaoPaulo, mas as investigações serão coordenadas pelo estado de Goiás.

 

 

Comentários