Mauro Carlesse recebe busca e apreensões da PF hoje Governador do Tocantins investigado por desvio de dinheiro do povo

0

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), é alvo de ações da Polícia Federal (PF), na manhã desta terça-feira 17.

O Superior Tribunal de Justiça autorizou 14 mandados de busca e apreensão para investigar suposto esquema que desviou recursos públicos por meio da contratação de funcionários fantasmas pelo Executivo estadual e por parlamentar estadual.

Mandados de busca estão sendo cumpridos no gabinete e na casa do sujeitos. Além da obtenção de novas provas, as ações de hoje têm o objetivo de interromper os atos da quadrilha.

Os crimes investigados são peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A operação foi batizada de Assombro”.

No site da Polícia Federal informa-se que, “além da obtenção de novas provas, com as ações de hoje, busca-se interromper a continuidade das supostas ações criminosas, delimitar a conduta dos investigados, melhor dimensionar a quantidade de funcionários ‘fantasmas’, identificar e recuperar ativos frutos dos desvios, além de resguardar a aplicação da lei penal”.

Prisões anteriores

No Tocantins parece uma crônica anunciada: os ex-governadores Marcelo Miranda e Sandoval Cardoso foram presos, mas depois liberados. O ex-governador Wilson Siqueira Campos também foi investigado.

Comentários