Lula livre é proibido e envio do ex-presidente para penitenciäria solicitado Desembargador quer acabar com confusões em frente a sede da PF em Curitiba

0

O desembargador Fernando Paulino da Silva Wolff Filho, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), decidiu neta quinta-feira (21) proibir manifestações da Vigília Lula Livre no entorno da Polícia Federal de Curitiba. Também estão proibidas manifestações contra o ex-presidente.

O Desembargador recomendou a transferência de Lula para um presídío. “Entendo razoável oficiar ao Juízo Federal responsável pela execução da pena do ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva, cuja pena, frise-se, recentemente foi elastecida com uma segunda condenação em primeiro grau, remetendo-lhe cópia desta decisão e da integralidade destes autos de agravo de instrumento, em especial os relatórios da PMPR, a fim de, caso aquele Juízo entenda pertinente, servirem tais documentos para a instrução dos públicos e notórios incidentes de transferência entre estabelecimentos penais cujo objetivo é a transferência do ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva para estabelecimentos prisionais em tese mais adequados frente às circunstâncias”, disse em seu despacho.

A presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann disse na manhã desta sexta-feira que vai recorrer da decisão no STF.

 

Comentários