Lava Jato chega aos Fundos de Pensão Mandatos de prisão no Rio, Brasília e São Paulo

0

A Polícia Federal está  nas ruas , do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília para prender 10 suspeitos de fraudar os fundos de pensão Postalis e Serpros. Finalmente a Lava Jato do chega aos fundos de pensão.

Administradores dos fundos pagavam empresas no exterior por serviços inexistentes e o dinheiro roubado voltava ao Brasil com ajuda de doleiros para ser dividido pela quadrilha.

Arthur Pinheiro Machado foi preso em São Paulo suspeito de operador do sistema.

Marcelo Sereno,  ex-assessor especial da Casa Civil do governo Lula, quando José Dirceu era ministro da é procurado no Rio, além de Ricardo Siqueira Rodrigues, considerado o maior operador de fundos de pensão.

Em Brasília a polícia nao encontrou Nilton Lira que se mudou ontem do Lago Sul, área nobre da capital.

Comentários