Lava Jato prende deputados no Rio de Janeiro Operação mira assembléia legislativa e governo carioca

0

A Lava Jato está nas ruas de novo na manhã desta quinta-feira  , e cumpre mandatos de prisão contra contra 10 deputados estaduais do Rio de Janeiro e mais 12 pessoas. A Polícia Federal está em busca tambem de um secretário do governo de Luiz Fernando Pezão.

A Lava Jato desbaratou o esquema de compra de apoio político de parlamentares da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, que atuavam desde  o governo  de Sérgio Cabral. A quadrilha composta de parlamentares e servidores  atua há mais de 10 anos.

A Policia Federal cumpre mandados de prisão contra 10 deputados e outras 12 pessoas.

O deputado Chiquinho da Mangueira foi um dos primeiros a serem presos. Na lista de prisões estão, entre outros, Jorge Picciani, deputado afastado, e que já crumpre prisão domiciliar; Paulo Melo, deputado afastado, que já está preso em Bangu; Edson Albertassi, deputado afastado, também preso em Bangu; Affonso Monnerat, secretário estadual de Governo; André Correa, deputado estadual e ex-secretário estadual de Meio Ambiente; Leonardo Jacob, presidente do Detran e Vinícius Farah, ex-presidente do Detran.

Também há mandatos de busca e apreensão na Alerj e na sede do governo do Rio de Janeiro.x

O ex -governador Sérgio Cabral que está preso, chefiava o esquema de propina para deputados estaduais que voltavam para beneficiar empresas e contratos superfaturados.  Os deputados recebiam também o direito de indicar comparsas para cargos em diversos órgãos públicos do estado, como o Detran. O esquema continuou no atual governo de Luís Fernando Pezao.

Comentários