ITAIPU DÁ DINHEIRO À GILMAR MENDES. QUEM PAGA CARO É VOCÊ. Sua conta de energia sobe,mas Gilmar Mendes está satisfeito.

0

Mesmo com o preço da energia elétrica nas alturas, escassez de água, distribuição de péssima qualidade e falta de dinheiro no governo federal, a geradora de energia elétrica Itaipu doou, isso mesmo, doou R$ 4.900.000,00. (Quatro milhões e novecentos mil reais) para eventos jurídicos neste, e no ano passado. Gilmar Mendes abocanhou com seu Instituto, o IDP a bagatela de R$ 900.000,00 (Novecentos mil reais). Desde 2009, O IDP de Mendes recebeu de nosso dinheiro público, a bagatela de R$ 2,640.000,00 (Dois milhões e seiscentos mil reais).

Resta aos pobres mortais brasileiros desvendarem o mistério que cerca os eventos jurídicos de Gilmar Mendes. O que uma empresa pública, geradora de energia elétrica tem a ver com o ensino jurídico? Com palestras de direito? Porque investem tanto em um poderoso ministro?

O que você ganha com isso? Aumento do preço na sua tarifa de energia e a curiosidade de tentar descobrir porque o governo banca um ministro do Supremo que não se considera suspeito para soltar criminosos presos, de sua íntima relação, como no recente caso dos Baratas. O Ministério Público Federal no Rio pediu ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o impedimento de Gilmar Mendes para atuar no caso, em que a filha de Barata é casada com um sobrinho do ministro. Gilmar foi o padrinho do casamento.

Segundo o ministério de Minas e Energia, Itaipu bateu um novo recorde de geração diária de energia elétrica no primeiro trimestre de 2017, com registro de 284.496 Megawatts-hora (MWh). No mesmo período, em 2016, a usina havia atingido a média de 281.664 MWh diários, segundo melhor resultado desde que a empresa entrou em operação, em maio de 1984.

Comentários