It-destinos internacionais que vão bombar em 2016 Anguilla (Caribe), Matera (Itália) e Lago de Como (Itália) já estão no wishlist dos descolados mundo afora. Descubra o porquê!

0
Olha a vista do Sasso Barisano, as rochas medievais de Matera (Foto: Tango 7174 / Wikimedia Commons )

O recesso de fim de ano mal terminou, e a gente já está louquinha pelas férias. Com a alta do dólar por aqui, é certo que os destinos brasileiros e as cidades da América do Sul vão bombar em 2016. Mas pra onde será que os descolados gringos sonham em viajar neste ano, hein? Quem responde é a expert em viagens Jordana Gheler, dona do portal Conexão Destinos.  Eis aqui os 3 it-destinos  internacionais da vez:

Esse é "apenas" o mar azul turquesa de Anguilla, arquipélago do Caribe (Foto: Divulgação)
Esse é “apenas” o mar azul turquesa de Anguilla, arquipélago do Caribe (Foto: Divulgação)

1. Anguilla (Caribe)
Se você está à procura de férias luxuosas, Anguilla é a melhor aposta. Arquipélago caribenho que pertence ao Reino Unido, fica pertinho de St. Barth’s, mas está longe de ser badalado. É famoso pelas extensas praias de areia branquinha e lindos corais. Além disso, é “o” refúgio das celebs que querem nada mais nada menos do que um mar verde-esmeralda, peixe na brasa e música ao vivo. Relax, sabe?

Parada obrigatória: Old Prison, uma antiga prisão que fica na parte mais alta da ilha e virou ponto turístico, e o bar Dune Preserve, eleito diversas vezes o melhor bar de praia do mundo, cujo dono é o cantor de reggae mais famoso do país, Bankie Banx, que é sempre comparado à Bod Dylan.

Vai bombar porque: um grupo de empresários de NY inaugura em fevereiro de 2016 o Zemi Beach House Resort, primeiro hotel de luxo na praia Shoal Bay, eleita diversas vezes como a mais linda do mundo. Pé na areia, o hotel quer ser um santuário do bem viver, com spa hamman e terapias holísticas. Já está com reservas em lista de espera pra essa temporada. Ah, e Bankie Banx promete inaugurar em 2016 seu hotel boutique, que terá formato de veleiro e vista mara pra ilha.

Olha a vista do Sasso Barisano, as rochas medievais de Matera (Foto: Tango 7174 / Wikimedia Commons )
Olha a vista do Sasso Barisano, as rochas medievais de Matera (Foto: Tango 7174 / Wikimedia Commons )

2. Matera (Itália)
Localizada no sul da Itália, na região Basilicata, Matera é uma cidade toda cavada nas rochas, lindíssima! O curioso é que, no pós-guerra a cidade era o símbolo do atraso do sul do país, pelas condições miseráveis de milhares de famílias que viviam nas grutas. Nos anos 50, o governo retirou 15 mil pessoas da área, esvaziando a cidade, que caiu no esquecimento. Foi na década de 80 que a cidade passou a ser recuperada e, em 1993, virou Patrimônio da Unesco.

A parte que impressiona da cidade é chamada o Sassi di Matera (as rochas de Matera), um conjunto de casas cavadas como grutas, muitas delas medievais. E há até 150 construções rupestres, dos homens das cavernas da era Paleolítica, que foram transformadas em igrejas a partir do ano 1.000 (d.C).

Parada obrigatória: O Ristorante Francesca, no centro de Sassi, que fica dentro de uma gruta, mas tem decoração clen e moderna. Os vinhos e as massas são divinos!

Vai bombar porque: a cidade foi eleita pela União Europeia como Capital Cultural da Europa de 2019 e vai aparecer logo mais nas telonas, já que a região serviu de locação pro remake do filme Ben-Hur, com Rodrigo Santoro no papel de Jesus Cristo. Ah, e é sempre bom lembrar que Matera é a queridinha do cineasta italiano Francis Ford Copolla. É lá que ele mantém seu Palazzo Margherita, um pequeno hotel ultra luxo com nove suítes, a 40 minutos de Matera. Sua filha, a cineasta Sophia Copolla, casou-se no Margherita em 2011 e, vira e mexe, Francis aparece por lá com algum amigo poderoso.

Vista do Lago de Como, na cidade italiana de Varenna (Foto: Reprodução)
Vista do Lago de Como, na cidade italiana de Varenna (Foto: Reprodução)

3. Lago de Como (Itália)
Os lagos italianos são o clássico retiro dos europeus. O Lago de Como fica na região da Lombardia, a 40 minutos de carro de Milão, e é o terceiro maior da Itália. Sua paisagem é de tirar o fôlego! Cercado por diversas cidadezinhas, cada uma mais charmosinha que a outra, o destino é um mix de beleza, luxo e tranquilidade, que fica perto do agito da Suíça, do Lago Maggiore, do Lago de Garda e de Verona. Vários magnatas americanos mantém casa lá, incluindo o deuso George Clooney (que já levou o amigo Robert De Niro pra passear por aquelas bandas).

Parada obrigatória: é fazer um passeio de barco pelo como, visitando as cidadezinhas de Bellagio, Cernobbio, Mennagio e Varenna.E, claro, tomar os melhores gelatos italianos da sua vida na pracinha onde fica a catedral Duomo de Como.  Dica? A melhor época pra ir ao Como é entre abril e outubro, quando o sol está brilhando e as árvores são verdes.

Vai bombar porque: o badalado hotel Le Sereno, da ilha caribenha de St Barth, vai abrir filial no Como e promete ser o novo point da Itália. E o pequeno e charmoso hotel Palazzo Del Vice Re vai sediar uma série de eventos gastronômicos durante o ano, que prometem bombar.

Fonte: Glamour – por ALLINE DAUROIZ E CAMILA CÂMARA

Comentários