Infectologista defende regionalização do atendimento médico

Ex-secretário de Saúde de São Paulo fala da importância da profissão de médicos para novos estudantes do UNIEURO

0
Alunos do curso de Medicina recebem seus jalecos crédito da foto UNIEURO

A solução para os problemas da saúde no Brasil passa pela regionalização do atendimento médico e do ensino de Medicina. A afirmação foi feita pelo médico infectologista e ex-secretário de Saúde de São Paulo, David Uip, durante aula magna proferida na última segunda-feira (18) na inauguração do novo curso de Medicina do Centro Universitário UNIEURO. O médico, que também é professor da Faculdade de Medicina ABC, defendeu um planejamento de regionalização do atendimento médico.

Auditório da UNIEURO recebe estudantes de Medicina para ouvir palestra de David Uip crédito da foto UNIEURO

Segundo Uip, até 2020 o país terá quase 500 mil médicos, mas esse número continuará sendo insuficiente para o atendimento de toda a população se não for revertida a tendência de concentração dos profissionais na região Sudeste.  Ele estima que, se nada for feito, os estados do Sudeste terão 2,5 médicos para cada grupo de mil habitantes enquanto as outras regiões continuarão carentes de profissionais da saúde.

Para evitar a persistência dessa desigualdade e melhorar o Sistema de Saúde como um todo, David Uip defende um planejamento para regionalização dos atendimentos por meio de programa que permita melhor distribuição e a fixação dos profissionais em outras regiões. Segundo ele, iniciativas como as do UNIEURO de abrir curso de Medicina é exemplo de como se pode pensar a educação para levar saúde para a população.

Presidente José Sarney participa da aula magna do curso de Medicina do UNIEURO

Uip aproveitou a ocasião para também destacar aos “calouros” a importância da formação continuada. “Sei que perderam noites de estudos para passarem na prova, mas isso é só o começo, o próximo desafio é se formar. Depois vem a pós-graduação, porque para se manter no mercado de trabalho será necessário investir mais três anos na especialização”, afirmou.

Bloco D do Curso de Medicina do UNIEURO é inaugurado

Também estavam presentes na cerimônia de abertura do novo curso o reitor do UNIEURO, Edson Ferreira, o ex-presidente da República José Sarney, a deputada federal Flávia Arruda e o secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, José Sarney Filho.

Comentários