Incentivada e motivada por Bolsonaro, média de mortes volta a ser mais de mil por dia no Brasil

0

A Pandemia volta a assombrar o Brasil, e na última semana, a média de mortes por Covid-19 voltou ao tenebroso numero de 1.016 pessoas perdendo a vida por dia.

Ė urgente e preciso deixar claro que o próprio presidente da República é o maior propagandista e incentivador para que as pessoas continuem morrendo asfixiadas pelo vírus.

O aumento foi de 62% de uma semana para a outra, enquanto o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro provocava aglomerações, não usava máscara, apertaca seguidas as mãos de apoiadores sem higienizå-las, incitando covardemente aos menos esclarecidos à propagarem a doença mortal.

A tragédia tende a ser maior, já que Bolsonaro conseguiu convencer os cerca de 30% de apoiadores que incrivelmente ainda possui, de que só “bundões” ou “fracos” em suas palavras morrem da “gripezinga”.

Sem usar máscara e causando aglomeração, neste domingo dia 10 de janeiro de 2021, Bolsonaro passeou por Brasília, na companhia do assessor especial da Presidência, Sergio Cordeiro e ambos, representando poder público, deram os exemplos de como obter mais mortes.

Bolsonaro provoca aglomerações na favela do Varjão em Brasília

O passeio da propaganda para a disseminaçao do coronavirus teve como alvos vītimas incautas que estavam na Torre de TV Digital, num campo de várzea, no Itapoã e na orla da Ponte JK.
Bolsonaro incentiva o desrespeito a lei do Distrito Federal que obriga utilização de máscaras

Comentários