Gestão no DF: Sem professor, alunos ficam sem aula por três meses Rollemberg, o governador que quer se reeleger, não sabe nada sobre o caso

0
Rollemberg e sua equipe não sabiam que estudantes estavam ser professor

Os alunos do terceiro ano do Centro Educacional 2, do Guará, no Distrito Federal, passaram três meses sem aula de  português. Os 90 alunos que devem fazer o vestibular nesse ano, deveriam ter assistido a quatro aulas de português por semana, mas por falta de gestão pública, a escola  só recebeu um novo professor do governo, nesta quinta-feira (16).

A ex-professora que ensinava português para os alunos se aposentou em maio, mas só hoje, foi substituída.

A assessoria de comunicação do GDF, não tinha, na manhã de hoje, informações sobre o caso.

A diretoria da escola e até um grêmio estudantil reiteram que buscaram solução na secretaria de Educação, mas não obtiveram resultado.

No final da manhã de hoje, a secretaria soltou nota, desconhecendo a aposentadoria da professora e informando um suposto remanejamento  para outra área na escola, sem saber que a mesma havia se aposentado.

O governo de Rodrigo Rollemberg afirmou que “a diretora da escola remanejou o docente de português para um projeto não autorizado pela pasta e, inclusive, por este motivo, já foi notificada para que reorganize o quadro de aulas”,  o que é contestado pela direção da escola. “A professora se aposentou, ela não trabalha mais e o governo não sabe disso, mesmo tendo sido informado?”, questionam os alunos.

Comentários