Fernando Collor alvo de ação da polícia por lavagem de R$6 milhões em imóveis Polícia Federal cumpre mandado a em Alagoas e Paraná

0

Operação Arremate da Polícia Federal busca informações sobre  esquema de lavagem de dinheiro por meio de compras de imóveis disponibilizados pelo poder público,  pelo senador Fernando Collor (PROS).

Na manhã desta sexta-feira (11/10), em Maceió (AL) e Curitiba (PR), estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

As investigações sobre o ex-presidente apontam que ele seria responsável por arrematar imóveis em hastas públicas nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2016, com utilização de laranjas com o objetivo de ocultar a participação dele.

Segundo a Polícia Federal, Collor  escondeu e dissimulou com laranjas o   uso de recursos de origem ilícita, para lavar o dinheiro.

São 16 mandados de busca e apreensão com o total de 70 policiais federais nas diligências nos dois estados.

Os valores das arrematações sob investigação são de aproximadamente R$ 6 milhões, sem as correções. Os envolvidos poderão responder pelos crimes de lavagem de ativos, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, falsificações e organização criminosa.

Comentários