Federal acha R$ 23 milhões com PM amigo de Temer Presidente teria roubado dinheiro com Medida Provisória

0

A Policia Federal encontrou mais de 23 milhões de reais em contas do coronel da PM,  Lima amigo do presidente e laranja de Michel Temer.

Segundo a Folha de S. Paulo, “está em contas correntes e investimentos em nome do coronel (pessoa física), da PDA Projeto e Direção Arquitetônica LTDA e da PDA Administração e Participação LTDA.”

A Federal também localizou documentos que compravariam a ligação das empresas do PM amigo de Temer com empresas beneficiadas pela Medida Provisória dos Portos.

“Documentos apreendidos pela Polícia Federal indicam que o coronel João Baptista Lima Filho, acusado de arrecadar recursos ilícitos para Michel Temer, fez negócios com o grupo Libra, uma das empresas investigadas por suposto pagamento de propinas ao presidente em troca de vantagens no governo.

Os investigadores encontraram na sede da Argeplan, de propriedade do coronel, um contrato de prestação de serviços com o conglomerado, que atua no setor portuário. Havia também uma proposta comercial referente à transação, destinada à Libra Port Campinas.

São os primeiros documentos a indicar elo financeiro entre a Libra e o coronel. Os papéis reforçam a tese dos investigadores de que companhias do setor portuário capitalizavam as empresas de Lima, que repassaria recursos a Temer e seus familiares”, diz o jornal.

Comentários