Fachin libera pedido de liberdade de Lula para ser julgado no Plenário STF terá sessão extra amanhã

0

O ministro Edson Fachin liberou para julgamento no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) o recurso de Lula  contra a decisão que arquivou o pedido de liberdade do ex-presidente que continua preso.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, confirmou agora á tarde uma sessse plenarplpara sexta-feira, amanhã, mas não incluiu, por enquanto, o pedido de Lula na pauta.

O STF entra em recesso em julho e retoma as atividades em agosto, caso não seja incluído na pauta de amanhã o julgamento ficará apenas para depois do recesso, mas é possível que entre na pauta até às nove horas dessa sexta-feira, quando começará a sessão.

Lula também pediu ao STF que troque o.relator do caso, Edson Fachini. Ele está preso desde  abril, condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro  por intermédio deduma apartamento triplex no Guaruja, em São Paulo.

Comentários